segunda-feira, 19 de junho de 2017

S.H. Figuarts Kamen Rider Snipe Shooting Gamer Level 2

Saudações.

Desta vez vou falar da versão S.H. Figuarts do Kamen Rider Snipe, de Kamen Rider EX-AID, feita pela Bandai.


1. Informações
2. Modelagem
3. Articulações
4. Acessórios
5. Ação





1. Informações



Taiga Hanaya era um médico radiologista no Hospital da Universidade Seito e considerado um gênio em sua área. Um dia, ele encontrou uma anomalia que nunca havia visto antes em uma paciente que fora tratada. Tratava-se de um virus Bugster, que não podia ser detectado por meios comuns. Ao perceber seu talento, a CR o contatou para ser um Kamen Rider. Ao passar por baterias de testes e pelo Procedimento de Adequação, Taiga se tornou o primeiro Kamen Rider, assumindo o codinome Snipe. E desde o chamado "Dia Zero", ele lutou sozinho contra os Bugsters por muito tempo.

Mas há cinco anos atrás, ele acabou deixando morrer Saki, a noiva de Hiiro, que mais tarde seria o Kamen Rider Brave. Segundo Hiiro, Taiga falhou por ter "se deixado levar pelos jogos e ver os procedimentos como tais". Assim, Taiga foi expulso da CR, teve seu registro como médico cassado, seu equipamento Kamen Rider confiscado e caiu no ostracismo.

Taiga passou a exercer sua profissão de modo ilegal em um hospital abandonado e ganhando a vida de todas as maneiras que estivessem a mão, incluindo o day trading em mercados de ações. Com isso, ele juntou dinheiro, que ofereceu à Corporação Genm a título de apoio para a criação de novos jogos, em troca de seu Gamer Driver e o Gashat para transformação. Ele então volta ao campo de batalha e seu objetivo é coletar todos os Gashats a fim de ser o único Kamen Rider e derrotar todos os Bugsters.


Vestindo roupas que lembram um soldado, com um jaleco de médico por cima, Taiga é rude, antipático e sempre desafia Emu e Hiiro apostando os Gashats. Aparentemente faz as coisas por ganância, porém deixa transparecer que existe outro motivo. Partes de seu cabelo são brancas, embora há cinco anos atrás fosse totalmente preto.

Ele luta sozinho, mas o encontro com Niko Saiba, garota gamer profissional que ganha mais de um milhão de ienes por ano, tem um efeito humanizante em Taiga, que até passa a mostrar um lado cômico. Embora não admita, Niko traz a ele um alento, já que ela o reconhece como seu "médico particular".


Taiga foi interpretado por Ukyo Matsumoto, que foi Hayato Kishima em Ultraman X. A aparência e os conceitos do personagem remetem a Black Jack, de Osamu Tezuka, mas a equipe de produção nega que tenha se inspirado nessa obra.

O conteúdo da caixa. O número de mãos é o mesmo do Ex-Aid e a arma vem com uma peça para representar o outro modo.

Uma coisa que esqueci de mencionar no Ex-Aid e no Brave, mas o plástico de proteção está bem mais fácil de remover. Agora basta puxar uma aba que fica de fora para tirar com facilidade sem a necessidade de rasgar ou cortar.


2. Modelagem


Visão de corpo inteiro. Além dos motivos de um ciclista, comum a todos os outros, existem aspectos que lembram um atirador de elite. O manto amarelo-limão chama bastante a atenção.

Close da cabeça. Extremamente detalhada, com várias pecinhas que representam sensores. Só isso já é uma pequena obra-de-arte.

A máscara e os olhos fazem lembrar um SD Gundam. Mas ele tem a textura insectoide no fundo direitinho.

O capacete tem os sensores auditivos além de radares, além dos sensores óticos. Tem direitinho a estampa STG (abreviatura de Shooting Game).

Esta peça, que lembra uma mecha de cabelo, baseada no personagem princioal do jogo Bang Bang Shooting, que Taiga usa para se transformar. No traje Kamen Rider isso seria um protetor para o olho, além de ser um monitor conectado ao sistema de mira da arma.

O manto é feito de material rígido e é composto por três peças, como a do pescoço e a do ombro.

A terceira parte é a mais longa, das costas. Ela também é feita de material rígido e tem detalhes de hexágonos. Existem moldes que lembram rugas e dobras.

A ombreira é mais simples, com detalhes que lembram balas. No meu exemplar existem resquícios do corte da moldura das peças.


O braço é igual ao dos outros, sem nenhum acessório extra.

A placa peitoral, Mechlife Guard. De acordo com os conceitos, ela fica mais resistente quanto mais o Rider leva danos. Essa parte é igual a dos outros.

A máscara das costas, que seria a cabeça da forma Level 1. Ela também tem vários detalhes e um enorme número de peças.

O Gamer Driver é igual ao dos outros, com exceção das cores do Gashat, do slot e do ícone.

As pernas são iguais aos dos outros Riders, com diferenças apenas nas estampas e nas cores.

Mostrando melhor os sapatos, que lembram tênis esportivos. Até o solado é detalhado dos lados.

A sola é igual à dos outros.


3. Articulações


O pescoço sofre certa interferência do manto.

O adorno que lembra um cabelo pode ser girado.

A peça é presa por um pino simples e só pode ser girada. Ela não pode ser instalada no outro lado.

As duas peças que formam o manto são presas por estes dois pinos, com conexões esféricas dos dois lados.

Os dois pinos teriam certa liberdade de movimentos.

As duas partes podem ser abertas como na foto.

Apesar de todos esses sistemas, os movimentos do ombro direito são bem limitados. O braço se ergue o suficiente para segurar a arma, mas os ombros são duros e se manipulados de forma incorreta podem causar quebra do braço. O melhor jeito é segurando pela articulação do ombro e não pela extremidade do braço. Segurar pelo braço ou pelo antebraço exerce muita pressão que pode partir o conector do ombro.

O ombro direito só se abre até a altura da foto. O manto dificulta bastante na hora de mover o braço nesse sentido.

Uma coisa que não mencionei nos outros modelos: os ombros podem ser levemente estendidos. Mas só um pouco.


Outra coisa que esqueci de mencionar nos outros é que o tornozelo pode ser girado.


4. Acessórios


Estas mãos são parecidas com as do Ex-Aid e do Brave.

A mão de segurar a arma é um pouco diferente, com um espaço entre o indicador e os outros dedos.

A arma do Snipe é a Gashacon Magnum, que a princípio vem no modo pistola. Lembra muito uma arma de brinquedo.

A modelagem é muito boa, com vários detalhes, com os relevos em verde que parecem com disparos que saem do tambor(?). Existe uma estampa de STG e os botões "A" e "B". Só que no meu exemplar, a pintura tem algumas falhas.

A parte da frente só tem uma peça que representa a dobradiça da arma, sem nenhuma indicação de um cano de onde saiam as balas. Talvez saiam da parte em amarelo.

A arma também tem o slot para os Gashats.

O Gashat do Snipe parece ser totalmente preto, mas na verdade é azul-escuro em um dos lados.

Obviamente, o Gashat pode ser instalado no slot.

A mudança de modos é feita através da troca de uma peça. Primeiro é preciso remover o painel do lado da pistola para depois instalar no lugar a peça em um conector em forma de fenda.

A Gashacon Magnum no modo rifle. A arma ganharia mais força, mas perderia um pouco a velocidade.

Do lado existe uma peça que lembra uma mira, com pintura metálica.

O cano tem um relevo que lembra um tiro sendo disparado, como em um brinquedo. Mas na ponta existe uma saída para as balas.

O painel original não pode ser instalado para formar um rifle mais curto, com uma proporção mais próxima do brinquedo. Desta vez optaram por fazer algo parecido com o seriado, o que ficou muito melhor.


5. Ação


BANG BANG SHOOTING!!!

- Henshin.

GASHATTO!!!

LET'S GAME! METCHA GAME! MUTCHA GAME! WHAT'S YA NAME?
I'M A KAMEN RIDER!
Não tanto quanto o Brave, mas a pose de transformação do Snipe é relativamente simples. Ele apenas manipula o Gashat como se fosse uma pistola, girando a alça no dedo.

- Tática Nº2.

GATCHAAAN!!! LEVEL UP!!!

BA BA BANG! BANG BA BANG! YEAH!

BANG BANG SHOOTING!!!


- Mission Start.
Taiga vê as lutas como um jogo de combate... Ao menos aparentemente.

Mesmo com a limitação do ombro direito, a figura consegue fazer várias poses.



Fotos com sombras funcionam bem.


GASHACON MAGNUM!
Snipe está pronto para lutar.




O modo pistola é bom para combate a média distância...


... e também à curta distância.


Apertando o botão "B"...



... ativa o "rapid fire" da arma, que dispara tiros contínuos como uma metralhadora.



ZKYUUUUN!!!
O botão "A" ativa o modo Rifle da arma.


Com isso é possível dar tiros mais fortes, mas menos contínuos.


Em compensação, apertando o botão "B"...



... permite atingir alvos múltiplos.


GASHATTO! KIMEWAZA!!!



BANG BANG CRITICAL FINISH!!!



Snipe dispara um poderoso tiro carregado que também é preciso e destrói o inimigo.


- Mission Complete.


Os Riders de Ex-Aid reunidos. Mas as relações entre eles não são das melhores.


- Vamos parar de brincar de médico e nos divertir com esse jogo!
Taiga desafia Emu constantemente a fim de lhe tomar o Gashat.


- Ora, ora. Chegou o "filhinho de papai" que voltou da América.
Ele também tem uma atitude extremamente desrespeitosa com Hiiro, tratando-o com escárnio, mesmo sendo o responsável pela morte de Saki.


Taiga é rude, provocando Emu e Hiiro, ora com desafios diretos...


... ora com sarcasmo, usando a pose dos dois dedos simbolizando aspas.


- Vocês não sabem o que significa lutar usando os Gashats.
O que ele quer dizer com isso? Taiga luta mesmo para se autoafirmar como jogador?


- Só um Kamen Rider é o suficiente. Que seja eu.
Ele diz isso por motivos egoístas?


Taiga diz que quer ter todos os Gashats para acabar com os Bugsters de uma vez por todas. E assim como Hiiro, ele tem obsessão em derrotar Graphite, um Bugster que ele acabou deixando escapar, o que custou a vida de Saki.


- Eu perdi tudo... Amigos... Pacientes... Minha posição como médico... Agora só me resta lutar.
Apesar de tudo, Taiga acaba deixando transparecer que na verdade é um homem bom. Ele luta sozinho, sem que ninguém saiba de suas razões, como faziam heróis mais antigos.


- Era para ele me culpar ao invés de a si mesmo...
Taiga tem boas intenções e um grande senso de responsabilidade, tentando resolver as coisas com suas próprias mãos. Mas muitas vezes o tiro acaba saindo pela culatra...



- ......
- ......


Encontro com alguém que tem esses pontos em comum.


Felizmente, o encontro com Niko lhe traz um alento. Taiga mostra mais humanidade e até um lado cômico, como quando ela o leva para uma Casa Mal Assombrada em um parque de diversões... e ele morre de medo.


Tem também esta cena em que ele tenta usar um novo Gashat, que não funciona. Ele até fica soprando no cartucho para ver se não tem problema de mau contato (embora isso na verdade estrague ainda mais).


- OK. Hora de apelar. Vou usar esse Gashat especial que consegui com um de meus... contatos.


GASHATTO! KIMEWAZA!


UNITE X! CRITICAL FINISH!!!
Utilizando a força do Ultraman. (CV: Hibiku Yamamura)


- ULTRISER SHOT!!!
Obs.: golpe puramente fictício, que não existe no seriado.


UNITE X! CRITICAL FINISH!!!
Cyber Zetton, loading.


- ZETTON RAIL CANNON!!!
Obs.: golpe puramente fictício, que não existe no seriado.



GASHATTO! KIMEWAZA!!!


Cyber Birdon, loading.


UNITE X! CRITICAL STRIKE!!!


- BIRDON PHOENIX ATTACK!!!
Obs.: Esse golpe é inventado não tem no seriado!



- Missão cumprida. (Obrigado, Daichi!)
Essas fotos foram feitas baseadas no fato do ator, Ukyo Matsumoto, ter participado de Ultraman X.


No elenco de Ultraman X também esteve Yu Kamio, como o Capitão Shotaro Kamiki. Ele foi o Dr. Kiyoto Maki em Kamen Rider OOO e atualmente é Yugo Tachibana em Kamen Rider Amazons.


Algumas vezes os Riders lutam entre si.


E outras vezes eles colaboram.
Uma das razões para se ter vários Riders desde o começo, segundo o produtor Takahito Oomori, era para transportar para o seriado o aspecto dos jogos às vezes serem cooperativos ("co-op") e outras vezes competitivos ("versus").


Mais uma vez, não existe amizade entre eles. Mesmo assim, Emu, Hiiro e Taiga são um bom time. Os meios e até os ideais são diversos, mas o objetivo final é o mesmo: salvar vidas.


Este tem sido um ano bom para os fãs de Kamen Rider, que podem contar não só com uma, mas com duas séries de altíssima qualidade. E ao mesmo tempo!


E esta foi a apresentação da versão S.H. Figuarts do Kamen Rider Snipe, feita pela Bandai. A protoforma é muito boa, mas é prejudicada pelo controle de qualidade em que os ombros ficaram muito duros. No Snipe em especial isso é crítico, uma vez que existe o manto que limita os movimentos. O sistema utilizado ajuda mas não muito, pois no fim acaba induzindo a mover o braço segurando na extremidade ao invés de na articulação, o que pode acabar quebrando o conector se não for manipulado corretamente. A figura tem seus pontos fortes, como a intrincada escultura da cabeça e da máscara das costas. O Gashacon Magnum também é extremamente detalhado e fiel ao original. E desta vez optaram por utilizar peças intercambiáveis para que ela fique o mais parecida possível com o seriado. Uma boa figura, que precisa de cuidado para se usar, mas que ainda assim recomendo.

E fico feliz em ver que desta vez não espalharam os acessórios em outros pacotes ou produtos de venda exclusiva. A figura em si já é o suficiente, sem a necessidade de adicionais. Esse é outro ponto que conta de forma favorável.

9 comentários:

  1. Show de review!!

    Vejo que não resistiu e pegou o trio completo hehehe! Pelo visto os personagens se completam tão bem que acho que deve ser difícil mesmo pegar um só.

    Lendo a história dele pensei exatamente em Black Jack, apesar de eu conhecer pouco sobre a obra hehe. O cara tem até o cabelo preto e branco! Fiquei curioso e fui ver como é o ator caracterizado como o personagem, me surpreendeu que ele tem uma aparência bem jovem, pela história achava que ele seria mais velho.

    Minha maior dúvida sobre o visual desse personagem era essa peça no olho direito. Achava que era só um detalhe para combinar com o manto, já que é da mesma cor. Cheguei a pensar que poderia ser algo tipo capacete de futebol americano ou hockey hehehe. Achei ele mais legal sem a peça.
    Legal que o conceito de visual chamativo vale para todos os personagens. Esse manto é extremamente chamativo com essa cor!

    A pistola lembra bastante aquelas de video games e arcades. Bem que podiam ter feito também algo inspirado na Super Scope do Snes, assim ele teria uma bazuca hehehe! Ah, incrível como a peça de efeito do Ultraman combinou com a arma! Show!

    Hmm, sinto que o Taiga é aquele tipo de personagem que se faz de durão e diz para os outros ficarem fora do caminho porque na verdade ele não quer que ninguém se arrisque como ele, e como ele deixou a garota morrer ele deve achar que arriscar a vida como Kamen Rider é sua penitência, e um fardo que outros não merecem carregar. Especular é sempre legal hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ronin!

      É raro eu pegar mais de um Rider da mesma série. Mas EX-AID me convenceu o suficiente para eu fazer essa loucura. Era para ser aquele pacote triplo, mas esgotou logo no primeiro dia. No fim foi melhor pois pude dispersar as despesas, comprando o Ex-Aid em um mês e o Brave e o Snipe no outro.

      Descreveu direitinho como é o personagem! Dá para ver desde o começo que ele é uma pessoa assim. Mas tem mais uma razão dele não querer que outros sejam Kamen Riders, que é contado em uma minissérie que vem nos Blu-rays. O Taiga não tinha esse visual de Black Jack desde o começo. Esse “jogo” é mais nocivo do que parece e os visuais de brinquedão estão lá só para enganar.

      Não sei se é costume, mas acho que sem a peça do olho fica faltando alguma coisa. E assim ele fica parecendo mesmo um SD Gundam, para ser mais exato o Commando Gundam. O manto dá uma sensação de volume e acho que ficou dessa cor para as filmagens no escuro. Sem isso não daria para saber onde ele está. Claro que dentro do seriado isso é desvantajoso e ele viraria um alvo fácil.

      Uma Super Scope seria uma boa pedida. Mais tarde ele até ganha upgrades com muito mais poder de fogo, mas mesmo assim a Super Scope ia ser legal por ser mais romântica.E eu tinha um controle pistola como esse. Mas com o advento das telas de LCD/Plasma ele se tornou totalmente inútil...

      A matéria atrasou porque perdi tempo tentando procurar fontes para os cut-ins do Unite X. As fotos com peças de efeitos mesmo não foram difíceis de fazer a não ser ao posicionar essa do raio do Ultraman. Tive que tentar um monte de vezes até acertar o ângulo.

      Excluir
  2. Nobre Usys!

    Incrível como cada personagem é muito bem trabalhado! Percebi que esse aí seria o meu favorito, no melhor estilo Vegeta e Ikki, que seguem os próprios ideais e senso de justiça. Deve ter sido horrível o sentimento de perda da paciente, ainda mais sendo a noiva do companheiro de labuta (mas não tão companheiro assim). Vejo que essa saga é a que melhor ilustra o ditado de que não devemos julgar um Rider pelo Uniforme!!! (adaptado)

    Achei a figura muito bacana, mas ainda não assisti a nenhum episódio, ainda. Tudo foi muito bem trabalhado, mas não consegui entender onde é que aquele paninho é um cabelo cobrindo o olho dele. Sei que auxilia na mira e tal, mas parece mais um pedaço de pano que um cabelo. Para ser um sniper, a cor do manto não ajuda em nada, por ser totalmente chamativa, mas estamos falando de games!! Achei muito bacana a arma dele e todas as suas combinações. Curti o estilo militar.

    Já a parte da ação, já sabe o que vou dizer né? Todas as cenas muito bem feitas e os efeitos inseridos ficaram incríveis! Pena não poder usar o braço direito com maior liberdade - também tenho uma figura assim (Super Vegeta SHF), que se não mover com cuidado, segurando na base, posso perder a figura. É, preciso começar a assistir o quanto antes! Até a próxima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Adelmo!

      Senti que esse seria do seu agrado. Fazendo uma analogia, enquanto o Brave se parece com o Hyoga, o Snipe seria próximo do Ikki. A cena em que o Snipe fala do que é a justiça para ele é de arrepiar (embora o inimigo e a situação sejam bem engraçados). Nessa acho que a Niko se apaixonou de verdade.

      Recomendo de verdade o seriado do EX-AID. No começo é um pouco comédia, mas com o tempo a coisa vai mudando e os personagens mostram que eles não são o que parecem ser. Um que parecia ser gente boa na verdade é um patife e o que parecia ser ruim é o que estava carregando o fardo maior. E carregado de referências aos nossos queridos games. Esse dá para ver com o seu filho, que vai adorar. O galho é que ele pode acabar aprendendo o japonês antes do português.

      A Bandai precisa rever o controle de qualidade urgente. Tive que usar um pouco de spray de silicone na articulação do ombro para poder mover com um pouco mais de facilidade, mas ainda assim é um pouco duro. E se colocar demais, fica muito frouxo. É bem difícil mesmo!

      Excluir
  3. RAPAZDOCÉU!!!!! O Taiga é interpretado pelo mesmo ator do Hayato de Ultraman X e eu não tinha reparado nisso!!! 0_0
    E olha que eu acompanhei as duas séries (o X, no caso, cheguei a assistir mais de uma vez e é um dos meus Ultras preferidos). Pra vc ver como a diferença de personalidades e estilo de personagem interefere na observação: são dois sujeitos muito diferentes em todos os aspectos e acho que isso só qualifica o trabalho do Ukyo Matsumoto, um ator comprovadamente versátil.

    O Taiga não é um dos meus personagens preferidos e até confesso que esse seu estilo antipático me provocou uma rejeição inicial. Sem dúvidas, a entrada da Niko na série redefiniu completamente os rumos do personagem, que revelou seu lado mais humano e heróico.

    Ainda assim, é o personagem mais "regular" do enredo da série. Todos os outros passaram por altos e baixos, ou trocaram de lado, ou morreram, ou voltaram... o Taiga é um dos poucos que não teve nenhum "acontecimento marcante".

    E será que o "estilo de jogo" que representa o personagem interfere na identificação que criamos pelo mesmo?? Eu nunca fui muito fã de jogos de tiro e, coinscidentemente (ou não), ver o Snipe em ação não me deixa tão empolgado quanto as cenas protagonizadas pelo Ex-Aid ou pelo Genm.

    Aliás, ele parece bem menos poderoso do que os demais. Mesmo chegando ao nível 50, raramente sai em enorme vantagem numa batalha, diferente do Ex-Aid, do Paradox e do Brave (os outros Riders que atingiram o level 50). Até achei que ele poderia ser aniquilado pelo Genm e ter o mesmo destino do Kirya, mas continua vivo até agora.

    O visual do Snipe também não é o meu preferido. Continuo preferindo o Ex-Ad, o Brave e o Genm (seja no level 2 ou no level X, versão Zombie). Aliás, Usys, ainda continua em dúvida sobre o Zombie?? hehehehehehehe

    Mais uma dúvida: você tem acesso ou sabe se existem informações públicas sobre os índices de vendas dos bonecos da Bandai? Tenho curiosidade em saber quais séries foram mais "lucrativas" nesse quesito. E suspeito que o fato de ter vários Riders na linha de frente torne o Ex-Aid um dos mais rentáveis da franquia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Bruno!

      A história do Taiga já aconteceu antes do seriado, conforme contado nos Episode Zero dele. O cara realmente passou pelas piores provações. Por isso acho que não tinha muito o que falar sobre ele durante a série.

      Para mim a grande mudança foi o fato do Taiga se revelar como um homem bom, que se fazia de ruim (embora isso fosse óbvio desde o começo). A luta(?) com o Lovelica é o resumo do personagem, quando ele revela a sua posição como médico e como Kamen Rider.

      Vou levar o Zombie, sim. Só preciso achar um lugar com um preço bom. Só que eu vou ter que me conter ao fazer a apresentação, senão vai aparecer um monte de "FDP" no decorrer do texto. Sem pensar, toda vez que vejo o cara acabo falando isso, mas sem a abreviatura. Já virou um reflexo condicionado.

      Infelizmente não sei sobre as vendas de bonecos. Mas sei que o DX Gamer Driver ganhou o prêmio de Best Sales na Toy Award do Japão. O cinto é o carro-chefe (e a origem) das linhas de produtos de Kamen Rider e por isso é presumível que as coisas estão indo bem. Mas na verdade, a coisa caiu um pouco. O pico foi em Fourze e caiu bastante em Drive, mas está se recuperando aos poucos. O ano ainda não acabou, então acho que deve vender um pouco mais.

      Excluir
    2. Ah, sim. Eu demorei para notar que era o mesmo ator do Hayato de Ultraman X. Olhei para a cara dele e pensei "será?" e quando fui conferir era ele mesmo.

      Já o Yu Kamio ficou irreconhecível em Ultraman X, fazendo um personagem bem sério, bondoso, responsável, "paizão", diferente do Dr. Maki, que ele interpretou em Kamen Rider OOO. Em Amazons ele parece ter aprendido um pouco com o Takashi Ukaji e dá um show de representação.

      Excluir
  4. E aí Usys! Como vai?

    Eu já levava em conta a possibilidade de o Taiga usar uma espécie de "casca" por cima de seu eu verdadeiro. Um médico gênio que foi designado para lutar arriscando a própria vida para salvar outras e tudo sozinho. Depois, devido a um erro (que não foi pequeno) o cara perde absolutamente tudo o que tinha. Mesmo assim ainda continua lutando contra os bugsters e usa uma máscara para que ninguém passe pela mesma coisa que ele passou como Kamen Rider. No fundo ele é um cara legal. Por se considerar responsável pela morte da Saki, é perceptível que o Taiga entende bem as coisas que se passam com o Hiiro.

    Gostei da comparação que você fez com o Jin. Porém, a condição do Jin acaba sendo ainda pior. O mundo de Amazons consegue ser bem mais assustador que as condições de Ex-Aid. Ambos carregam um forte senso de responsabilidade, mas o Jin tem que enfrentar situações mais extremas (como aniquilar algo vindo dele mesmo, se é que me entende).

    Sempre fico surpreso quando descubro que atores envolvidos com Kamen Rider já estiveram envolvidos em outros tokusatsus que passam longe dos meus olhos haha. Nunca imaginei que o ator que interpreta o Taiga teria participado de Ultraman X. Tem também o Kamio Yu, envolvido com duas produções Riders e os atores que interpretaram Kanzaki Shiro e Kitaoka Shuichi de Kamen Rider Ryuki participando de Ultraman Max.

    Uma coisa que reparei é que os visuais dos Riders de Ex-Aid acabam ajudando com os Action Figure. Tipo, como eles possuem um design bem próximo de um brinquedo ou algo feito para o entretenimento, a Action Figure acaba ficando ainda mais coerente.

    Enfim, Hanaya Taiga é um personagem que considero muito interessante e que contribui completando os contrastes de personalidade entre os Riders. Estou achando incrível o fato de terem usado a medicina como tema. Está rendendo ótimas histórias para Ex-Aid.

    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Kakughost!

      O Taiga não conseguia esconder que era gente boa. E aqui temos mais uma vez o tema da dualidade de EX-AID e de que as aparências enganam. Essas caracterizações bem sacadas são outro atrativo no seriado. Essa de parecer brinquedo é outra coisa legal, já que o plano é atrair gente para jogar.

      No caso do Jin, ele até tem boas intenções, mas quanto mais ele mexe piora. E tem o agravante dele ter acabado como o grande responsável por TODAS as coisas ruins que aconteceram na segunda temporada. O Taiga ainda consegue contribuir para resolver o problema, mas o Jin está enfrentando maus bocados. E quero ver como vai ser quando ele descobrir que...

      Ah, o Kamio é um dos meus atores favoritos no ramo. A performance dele é muito boa! Tanto que não percebi que era ele em Ultraman X até me dizerem. Kamio parece exagerar um pouco em Amazons, mas isso é parte do personagem. Fico imaginando como ele deve ter se sentido ao ler os títulos dos últimos capítulos do Ultraman X.

      Excluir