domingo, 16 de julho de 2017

S.H. Figuarts Alien Mefilas

Saudações.

Desta vez vou falar da versão S.H. Figuarts do Alien Mefilas, de Ultraman, feita pela Bandai.


1. Informações
2. Modelagem
3. Articulações
4. Acessórios
5. Ação



1. Informações



O Alien Mefilas aparece pela primeira vez no episódio 33 de Ultraman, "A Palavra Proibida". Seu objetivo é o de conquistar a Terra sem usar de violência, apesar de ter enormes poderes, uma ciência avançada e um QI de mais de dez mil. Para isso, ele rapta o menino Satoru, irmão mais novo de Akiko Fuji, como representante da humanidade para que ele lhe ceda o planeta de bom grado.

Mefilas faz várias propostas, como oferecer um mundo sem tristezas e até mesmo a vida eterna, mas o menino recusa todas. Irritado, Mefilas o prende em uma cela antigravitacional a fim de forçá-lo a entregar a Terra, porém sem sucesso. Ele então apela para a violência, ao fazer Fuji ficar gigante e controlá-la para que destrua a cidade. Mefilas e recolhe e então manda três alienígenas, Baltan, Kemul e Therob, que ele alega serem seus subordinados. Mas a nave do alienígena é descoberta, os reféns são libertados e o Ultraman surge para enfrentá-lo.


Sob a alcunha de "Alienígena Maligno", Alien Mefilas é um dos inimigos mais poderosos do Ultraman, demonstrando ter uma força equiparável à do herói sendo que a luta termina em um empate. Tanto que até hoje se comenta que se a luta tivesse se estendido mais, Mefilas venceria devido ao limite de tempo que o Ultraman tem para ficar na Terra. E assim como vários alienígenas das séries Ultra de então, ele é estranhamente polido, cavalheiresco até, usando de negociação a princípio para só depois usar de violência. Mesmo assim é mostrado que aparentemente essa educação é mera fachada, sendo que o alienígena se irrita quando as coisas não tomam os rumos que ele planejava.

O nome de Mefilas é baseado no demônio Mefistófeles, que aparece no poema Fausto de Johan Wolfgang von Goethe. Isso tem a ver com o fato dele tentar o menino Satoru para que ele lhe entregue o planeta.

Devido à sua presença e à sua força, Mefilas muitas vezes é colocado em uma posição superior ou mesmo como o líder de organizações extraterrestres inimigas. Em outras ele é mostrado como um inimigo poderoso ou ardiloso. E existem até mesmo obras derivadas em que ele colabora com os Ultras para combater o mal.

Por alguma razão desconhecida a figura foi vendida de forma exclusiva no site da Bandai por tempo limitado, sendo que personagens das séries Ultra continuam saindo em venda aberta.

O conteúdo da caixa. Desta vez estão incluídas mãos intercambiáveis, sendo um par com peças de efeito. 


2. Modelagem


Visão de corpo inteiro. Uma representação perfeita de um dos mais conhecidos oponentes do Ultraman. O visual foi concebido por Tohl Narita para que não fosse um monstro ou uma aberração, mas um alienígena mesmo. Um dos preceitos de Eiji Tsuburaya era que o inimigo deveria ter uma certa elegância, pois ele seria um herói de sua espécie. 

Close da cabeça. O rosto é um pouco torto como no traje original e as formas não são totalmente simétricas, mais uma vez representando até as imperfeições.


Os olhos e a boca(?) são feitos de material transparente.

A modelagem do corpo é esmerada, replicando as proporções do personagem, inclusive com o quadril alargado.

Na frente existem relevos no ventre, além de partes com pintura metálica que lembram botões.  

Os braços são relativamente simples, com mãos bem grandes. 

As pernas, por outro lado,  são bem complexas, cheias de protuberâncias. 

Interessante que em cada secção o tipo de relevo é diferente. O esmero nessa parte é notável.


Comparação de tamanho com várias versões do Ultraman. Desta vez não dá para esconder a diferença com as Ultra-Act (nos cantos, a primeira na ordem do texto é a 2ª Versão)


Fazendo a pose de luta. A 2ª Versão é alta demais.


A S.H. Figuarts tem o tamanho ideal.


A 1ª Versão da Ultra-Act até que dá para enganar.


3. Articulações


Assim como em outros alienígenas da linha, o pescoço não se move muito.

O ombro consegue se erguer bem, mas exige certa prática. Os braços podem ser girados nos dois lados da articulação do cotovelo, que por sua vez é bastante limitado. 

Os pulsos se movem bem. 

O movimento do tronco é limitado. 

As coxas possuem articulações extensíveis, mas a abertura para os lados não é muito boa devido ao formato. Em compensação se move bem para a frente e para trás. 

Os joelhos não se dobram muito. 

Os tornozelos são extremamente limitados, o que causa problemas para se colocar a figura de pé.


4. Acessórios


Além dos punhos cerrados, estão incluídas mais duas mãos semi-cerradas. 

Só está incluída uma mão esquerda nesta posição. 

Ela serve para representar o Mefilas disparando um de seus raios.


Está incluída esta peça de efeito de outro dos raios de Mefilas, disparado das duas mãos.

A peça de efeito é integrada às mãos. 


A peça de efeito é longa e muito bem feita. A ponta é moldada como se estivesse atingindo algo. 


Como a peça é pesada, na parte inferior existe um conector para a base incluída.


A base é parecida com a que vem no Ultraman Cosmos.


Ficaria assim.


Como peça de bônus, está incluída esta mão para o S.H.Figuarts Ultraman, representando o Anel Cortante. 

Comparação com as versões Ultra-Act. A 2ª Versão tem uma aparência bem agressiva. 


5. Ação



- Eu gostei deste planeta e o quero para mim. Mas não gosto de violência, pois isso viola os meus princípios. Por isso, quero que você apenas diga que posso ficar com a Terra.
- Não!


- Entendo. Ninguém quer abandonar seu planeta natal. Mas posso te oferecer outro, sem guerras ou acidentes de trânsito. Existem até mesmo aqueles em que você pode ter a vida eterna.
- É. Pode ser bem vantajoso. Mas eu me recuso!


- Criança insolente!


Ao ver que tentações não funcionam, Mefilas passa a usar de coerção através da força, como prender em uma cela antigravitacional.


- HA HA HA HA HA HA!!!


- Ha ha ha ha ha ha ha!
- ?!
Mefilas ouve uma risada que não é dele...


- Ha ha ha ha ha ha ha!
... e sim de Hayata.


- Qual é a graça, Ultraman?
- Ninguém aqui vai te entregar a Terra, Mefilas!


- Ultraman. Você é alienígena ou é terráqueo?
- Sou os dois! Nasci para combater gente como você, que infringe as leis do Universo!
A pergunta de Mefilas foi colocada pelo roteirista Tetsuo Kinjô em alusão à sua condição como um okinawano vivendo em Tóquio.


Hayata tenta usar a Cápsula Beta para se transformar, mas é paralisado por Mefilas.

A Patrulha Científica e as Forças de Defesa localizam a nave de Mefilas e atacam.


A Patrulha Científica salva Fuji e Satoru, mas são forçados a deixar Hayata para trás. Felizmente, os abalos o derrubam, acionando acidentalmente a Capsula Beta.

Assim, transformado no Ultraman, Hayata consegue escapar da nave, que explode.

Nisso, Mefilas também fica gigante.

Ultraman pousa para enfrentar Mefilas.

- Alien Mefilas! Volte agora para o seu planeta!

- Maldito espião!
Frase dita devido ao fato do Ultraman ajudar os terráqueos apesar de ser um alienígena.

A luta começa.

Ultraman usa o Anel Cortante.

Mas ele é destruído pelo raio de Mefilas.

- SHWATCH!!

- FWA!!!

Ultraman alça voo e Mefilas vai em seu encalço.

Os dois raios se chocam, causando um clarão que ofusca Ultraman.

Ultraman pousa atordoado e Mefilas mais uma vez vem atrás dele.

Mefilas chuta a cabeça do Ultraman...

Para emendar um mergulho com o corpo.

Ultraman desvia e golpeia Mefilas.

Ultraman arremessa Mefilas por cima do ombro.

E Mefilas faz o mesmo ao ter a oportunidade.

Os dois se encaram mais uma vez.

Eles assumem a pose de lançar um raio mas...

- Já basta.

- Ultraman. Não faz sentido nós dois alienígenas lutarmos um com o outro.

- O que eu queria era o coração dos humanos.

- Mas eu perdi. Perdi até mesmo para uma criança.

- Mesmo assim, isso não significa que eu desisti. Um dia surgirá um humano que me dará a Terra.

- Eu voltarei! HAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

Ao deixar este alerta para a humanidade, Mefilas se teleporta e vai embora.
E pensar que atualmente existem muitos que aceitariam sua oferta, o que faz com que, mais uma vez, este episódio não perca atualidade...


Alien Mefilas foi dublado pelo grande Seizo Kato, que mais tarde seria Megatron na dublagem japonesa de Transformers. Ele também foi o Senhor Bazoo em Esquadrão Relâmpago Changeman e seu papel mais representativo é como Ittetsu Hoshi, em 巨人の星 (Kyojin no Hoshi, algo como "A Estrela dos Giants") no qual interpretou um personagem que é o arquétipo do "pai japonês".


Uma curiosidade é que para fazer a nave do Mefilas foi usada a mesma miniatura que a da nave do Baltan, só que de cabeça para baixo. Ela apareceu pela primeira vez em Ultra Q, como a nave das Cigarras Humanas do planeta Chilsonia. Era caro fazer esses modelos e por isso eles também eram reaproveitados.


Isso significa que esta foto está errada... a menos que ela represente o Mefilas mandando um Baltan para enfrentar o Ultraman.


Em Ultraman Mebius, surge um Alien Mefilas que é um dos Quatro Generais de Alien Emperor e usa de ataque psicológico para derrotar o jovem herói. Mefilas altera as memórias de todos de modo que ele seja o herói e Mebius seja um invasor.


Mas a amizade de Mebius e da Crew GUYS frustra os planos de Mefilas, que decide partir para a força. Nesta hora...


O primeiro Ultraman surge para intervir, em um ângulo ao contrário de sua luta com o primeiro Alien Mefilas.


Mefilas dispara um raio...



Que não faz efeito no Ultraman.


- Mefilas! Você já perdeu, pois interferiu diretamente no próprio jogo!

Mefilas percebe seu erro e pára de lutar.


- Agora entendo por que vocês conseguiram derrotar os Quatro Generais tão facilmente. Mas isso não significa que eu desisti. Eu voltarei.
Mefilas parte com as mesmas palavras deixadas por seu antecessor.


Mas a promessa não pôde ser cumprida, pois o Alien Emperor o pune com a morte por ter falhado. Nessa ele percebe que era apenas um joguete.
Obs.: apesar de ter sido interpretado por Seizo Kato, este não é o Mefilas original, mas um de seus irmãos, conforme estava escrito na página oficial do seriado (atualmente desativada).


No jogo Super Hero Sakusen, Mefilas é o líder da ETF, uma coalizão de alienígenas para invadir a Terra. Usando-se de lógica, ele consegue fazer com que os circuitos cerebrais de Metalder e Kikaider queimem.


Em Ultraman Choutoushi Gekiden, escrita por Ryu Sagawa (pseudônimo do genial Riku Sanjo), que usa descaradamente (e propositalmente) um história parecida com a de Dragon Ball, Mefilas ocupa a posição de Piccolo e treina Taro, que seria o equivalente ao Gohan.


Mefilas morre em combate ao salvar o Ultraman. Mas é ressuscitado por Emperor, se tornando um escravo sem vontade. Taro decide enfrentá-lo para que seu mentor volte a si.
(Para entender o que isso significa, imagine que Taro é Gohan e Mefilas é Piccolo; Riku Sanjo não fica só no plágio)


Em Ultra Zone, Mefilas ouve de um sem-teto que fazer as refeições acompanhado é melhor do que sozinho. Para entender o porquê disso, convida várias pessoas para comer com ele. Ao mesmo tempo, o alienígena faz uma análise de caráter de cada pessoa e vê a falsidade e a hipocrisia dos seres humanos.


- Então! Comer junto com quem a gente gosta é muito bom! Dividir a comida faz ela ficar mais gostosa e...
Mefilas encontra a resposta. E no fim salva o coração de uma pessoa que havia perdido a esperança de recomeçar. Um episódio insólito, mas cheio de humanismo (regado com muitos efeitos especiais), dirigido por um promissor Kiyotaka Taguchi, que mais tarde faria Ultraman X e Ultraman Orb.



- Menina. Apenas me diga "eu te dou a Terra" e realizarei qualquer desejo seu.
- Não! A Terra não é só minha! Ela é de todos nós!


- Muito bem. Então vou ter que usar a forç...
- Não importa o quanto sejamos derrotados! Vamos levantar e lutar quantas vezes for preciso!


- ......


- (Que gracinha...)


- (Não. Não posso fazer mal a ela. Eu não consigo!)
- ?


- Er... Tudo bem. Vamos fazer o seguinte. Decidir no Jankenpô. Se eu ganhar você me dá a Terra, pode ser?
- Tudo bem.


- Brilha brilha brilha assim...
- (O nome dela é Cure Peace. O sinal de "Peace" entre os humanos é igual ao da "tesoura" desse jogo. Sendo assim, é óbvio que ela vai usar a "tesoura".)


- Jan...
- (Mas espere... Isso pode ser um truque. Para me induzir a usar a "pedra" e aí ela soltar o "papel".)


- Ken...
- (Por outro lado, ela deve saber que eu posso pensar assim. E daí ela usa a "pedra", já que vou usar a "tesoura" para combater o "papel" dela e...)


- PON!
- (Não adianta pensar! Que seja!)


- Ah!
- Ih, ganhei.


- Muito bem. Perdi. Eu vou embora.
- Espere, Sr. Mefilas!


- Por que o senhor quer a Terra?
- É que...


- E então, Mefilas? Já acabou?
- Ah, sim. Já cheguei a uma conclusão, Ultraman.
- Ultraman! Srta. Konata!


- Na verdade eu não quero a Terra. Só vim aqui para estudar o comportamento humano. Era essa a minha intenção desde o começo. Fiz várias baterias de testes para ver se vocês seriam capazes de entregar o planeta. Primeiro tentei apelar para a sua cobiça. Depois foram demonstrações de força para ver se o medo os faria se entregarem.


- Só que não foi assim. Os humanos são os seres mais determinados que já encontrei. E isso não mudou depois de tantos anos. Como demonstrou essa menina que vocês indicaram.
- Essa é a força dos seres humanos, Mefilas. E a razão para defendê-los.


- Sim. Mas uma coisa é verdade. Eu gostei desse planeta. É tão bonito.
- Então por que não fica, Sr. Mefilas?
- Bom, eu...


- Ei, Mefilas. Você pode ficar aqui, se quiser.
- É. Como eles fizeram.
- Metron. Baltan.


- Esse planeta tem um monte de lugares bons. Que tal sair para conhecer?
- Hwo hwo!
- ... Tudo bem. Eu fico. E vou defender a Terra com vocês.

Depois disso, Mefilas passou a visitar vários pontos turísticos do Japão e conseguiu seu próprio programa de TV, o Ultra Kaiju Sanpo.
Obs.: O programa existe de verdade.


E esta foi a apresentação da versão S.H. Figuarts do Alien Mefilas. A modelagem é magnífica, fiel às imperfeições e também aos relevos da roupa original, altamente intrincados. Deu para ver o tanto de esforço que foi despendido para se fazer este modelo. O uso das partes transparentes é bem pensado e colocado nos lugares certos. A troca das mãos é altamente suave e a figura não tem problemas  de peças se soltando à toa. Só que as articulações não são muito flexíveis, especialmente o cotovelo e os joelhos, que poderiam se dobrar mais. Mesmo assim o uso de articulações extensíveis nas coxas ajuda bastante e a figura consegue até se sentar, algo que o traje original não conseguia. Outra bronca seria o método de venda, exclusiva. Mefilas é um dos inimigos mais poderosos do Ultraman e com grande participação nas séries Ultra, inclusive nas mais recentes, como Ultraman Orb. Ele também é visto com respeito pelos fãs, o que garantiria que a figura seria vendida sem problemas.

E desta vez é algo pessoal, mas não gostei do fato de incluírem uma peça de efeito que deveria vir no Ultraman desde o início. E ainda de um ataque que foi usado em muito mais vezes que no episódio do Mefilas. Se fosse assim, deveriam ter colocado o raio Slash, que foi usado na luta aérea com o alienígena. Mesmo assim é um modelo que recomendaria para todos os fãs do seriado se não fosse a disponibilidade limitada. No total estou satisfeito com esta representação e com isso realizo meu sonho de ter uma versão articulada de um de meus personagens favoritos da franquia.

8 comentários:

  1. Muito bom o artigo! Mefilas é um dos meus alienígenas favoritos da franquia. Só senti falta de uma coisa... Não tem um Mefilas que aparece também em Ultraman Taro? Não sei se esse conta já que ele era bem mal feito comparado com o original, mas no filme Ultraman Story eles reeditaram cenas do episódio em que ele aparece de modo que o Mefilas que o Taro enfretou seria o mesmo do primeiro Ultraman.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Felipe!

      De fato, tem um segundo Mefilas em Ultraman Taro. Mas ficou tão diferente do original, tanto a aparência quanto a personalidade e até a força, que nem me dignei a falar dele. Pelo que soube, esse episódio de Taro era para ser com o Mushra, um monstro cogumelo, mas decidiram por colocar esse Mefilas na história às pressas, pois havia um plano de fazer reaparições de inimigos de séries anteriores. Mas ele deixou a sua marca, especialmente aquela frase do "卑怯もらっきょうもあるものか". Tanto que no episódio de Ultra Zone, o Mefilas acabou gostando de comer alho em conserva.

      Outra razão pela qual não mencionei é por pura inépcia minha. Eu não saberia como traduzir ou adaptar essa frase. Talvez "numa luta não existe alho nem bugalho"? Duro ia ser para fazer o diálogo com o Taro ter sentido.

      Excluir
  2. Nobre Usys!

    Quando eu penso que o Metron era o melhor vilão, me aparece esse aí! Achei muito engraçado o fato de ele pedir a qualquer humano que a Terra lhe seja dada!! Absurdo, mas ao mesmo tempo interessante. Incrível também como um programa tão antigo aborde assuntos tão atuais como o egoísmo e ganância da raça humana.

    Cada matéria dessa aumenta meu interesse pela franquia, que eu julgava não ser tão legal por achar que entendia de "efeitos especiais" ou coisas assim. É como voltar a assistir aos episódios de Jaspion nos dias de hoje: serão encontrados vários erros e furos, mas a história é sempre a mais legal.

    Sobre a figura, mas uma vez a bandai caprichou nos defeitos da peça real! O fato de não haver simetria e aparecer até os botões deve ser algo que aumente o carinho dos fãs pelo modelo em miniatura!

    Curti as cenas de ação, que aparecem mais conversas inteligentes do que simples "quebra-paus"! E deve ser uma onda esse programa apresentado por ele! Ah, também não sabia que tinha diferenças entre "Alien" e "Monstro" na franquia, agora já sei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Adelmo!

      O Mefilas é um personagem bem interessante ao querer testar os seres humanos. É como se ele quisesse mostrar que os terráqueos são seres inferiores, capazes de vender seus semelhantes para obter vantagens. E vejo como uma metáfora daquelas situações em que a gente se sente tentado a fazer isso.

      Ultra Seven em especial tem umas histórias bem inteligentes e algumas delas nem sequer usam fantasias de monstros ou alienígenas. E outro ponto é que nessa época os invasores alienígenas eram bem-educados, sem usar tanta barbárie (ao menos no começo), mostrando que se tratava de um povo de uma civilização mais avançada.

      Ah, tem uma palhinha do programa do Mefilas no canal oficial da Tsuburaya no YouTube. Não tem legendas, mas acho que dá para ter uma ideia de como é a coisa: https://www.youtube.com/watch?v=Zqd65FmZUFQ

      Excluir
  3. Show de review!

    Esse aí tem jeito de ser pnc! O cara sequestra uma criança e ainda tenta manipulá-la! Dá pra ver que ele é mesmo baseado em Mefistófeles com todo esse ar maligno (será que é o seu Madruga usando a fantasia de Mefilas?!).

    Incrível como uma figura que é basicamente toda preta consegue ser tão chamativa. A textura do corpo lembra bem um traje mesmo, e capricharam nesses relevos das pernas. Engraçado que parece que ele tem ovas no lugar da "boca" hehehe.
    E o cara tem até um raio que lembra o Imperador de Star Wars!

    A batalha com o Ultraman parece bem disputada. Pior que a primeira impressão que se tem ao olhar o Meflias é que ele não parece muito forte, mas agora vejo que é o contrário. Pelo menos ele parece ter certa honra, o que faz dele um pouco menos pnc hehehe. É até meio estranho ver ele nessas outras versões onde ele é bonzinho. Bom, não deve ser o original, e sim mais um de seus irmãos.

    Parece que Jankenpô é o ponto fraco dos inimigos de Ultraman, mesmo quando eles não têm dificuldades físicas para a disputa hehehe. O Mefilas pensou tanto para um jogo tão simples que acabou se ferrando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ronin!

      Mefilas é ardiloso, mas pelo menos tem vergonha na cara. Quando vê que infringiu suas próprias regras, admite a derrota e parte. E eu sei que o seu Madruga vestia a roupa do Dr. Gori em Spectreman. Aquela voz não me enganava.

      Essa luta com o Ultraman foi uma das melhores do seriado. E pensar que o Mefilas só não venceu porque não quis. Mas foi nessa e com esse senso de honra que ele ganhou minha simpatia.

      Pior que o Mefilas que aparece no Ultra Kaiju Sanpo é o próprio, pois ele menciona o Satoru em outra ocasião. E no vídeo que indiquei para o Adelmo tem até uma cena rápida do Mefilas perdendo no Jankenpô para uma das Maiko. É. Esse tipo de jogo não é com ele. E não devemos subestimar o Jankenpô. Já vimos uma garota se tornar Mike por causa de algo parecido...

      Excluir
  4. Fala, Usys!

    O Mefilas é um grande personagem! Mas eu também achava que o Mefilas que apareceu em Mebius era mesmo o original, pelo dublador, pelas condições da luta... Realmente, não deu pra entender. Isso faz com que o Mefilas original esteja ainda à solta. Quem sabe ainda não reaparece em grande estilo?

    E as fotos estão cada vez melhores, rivalizando com as informações preciosas de cada post desses.

    Das séries clássicas, coloco o Mefilas quase em pé de igualdade com o primeiro Alien Knuckle, esse um estrategista frio, sem honra alguma e por isso mesmo, dos mais assustadores. Será que ele ainda vira action figure algum dia? Sempre achei lamentável não terem aproveitado melhor a raça dos "Poderosos do Espaço".

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Nagado!

      Eles de fato são bem parecidos, mas o de Mebius tem um jeito de falar diferente, cortês, respeitoso, embora só na fachada. E o único registro do original ter voltado foi no jogo Ultraman Fighting Evolution Rebirth para o PlayStation 2. E com todo o estilo dele mesmo.

      Ah, uma figura do Alien Knuckle ia cair muito bem! De preferência com o Black King/Negrume com lançamento simultâneo! Queria tanto um Alien Knuckle que acabei pegando uma de articulações mais simples mesmo. Agora que as séries Ultra foram para S.H. Figuarts pode haver uma chance.

      Excluir